O principal assunto na pauta na 7ª Conferência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que se realiza nesta sexta-feira com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, será a política para a língua portuguesa.

O tema foi escolhido pelos portugueses que, na reunião, assumem a presidência da organização por dois anos.

Do lado português, a cúpula ficará marcada pela constituição de um fundo de 30 milhões de euros (o equivalente a R$ 100 milhões) para financiar a expansão internacional da língua.

Segundo o ministro da Cultura de Portugal, José Antônio Pinto Ribeiro, o fundo vai ser usado para promover o ensino do português no exterior e em investimentos em áreas como audiovisual, cooperação, publicação de livros e jornais, financiamento de traduções de autores em língua portuguesa e digitalização de documentos para colocar na internet.

Os portugueses pretendem reformular o Instituto Camões, atualmente responsável por garantir o ensino de português em universidades de 16 países.

Simbolicamente, o presidente português escolheu nesta semana para promulgar o acordo ortográfico, que prevê uma maior unificação da escrita do português entre os oito países que usam o idioma como oficial (Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Timor Leste, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe). No entanto, só dentro de seis anos o acordo ortográfico estará em vigor no país.

Do lado brasileiro, a aposta será no fortalecimento do Instituto Internacional da Língua Portuguesa, criado em 1988 pelos países que falam o português, mas com pouca atividade concreta até agora.

Na reunião, o presidente Lula apresentará como novidade a Universidade da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa ou Universidade da Integração Luso-Afro-Brasileira (ainda falta definir o nome), que ficará em Redenção, no Ceará, voltada para as necessidades educacionais dos países que falam português.

Outros temas

Entre os outros temas que serão abordados pelo presidente estará a segurança alimentar e os biocombustíveis o Brasil pretende fazer parcerias com os países africanos de língua portuguesa para a sua produção de álcool.

Na reunião está prevista ainda a assinatura de um acordo de cooperação consular, para que os cidadãos dos países de língua portuguesa sejam atendidos pelas embaixadas e consulados dos outros nos países em que não tiverem representação.

À noite, o presidente vai estar na entrega do Prêmio Camões, o mais importante prêmio literário de língua portuguesa. Este ano, o premiado é o romancista português Antônio Lobo Antunes.

O Brasil está propondo a criação do Prêmio José Aparecido de Oliveira, que seria entregue a uma personalidade que tenha se destacado na construção da Lusofonia e que seja reconhecida por seus méritos intelectuais.

 

Categoria pai: Seção - Novidades

Pesquisar

PDF Banco de dados doutorado

Em 07 de dezembro de 2021, chegamos a 131 downloads deste livro. 

:: Baixar PDF

A Odisseia Homero

Em 07 de dezembro de 2021, chegamos a  6.531 downloads deste livro. 

:: Baixar PDF

:: Baixar o e-book para ler em seu Macintosh ou iPad

Uma palavra depois da outra


Crônicas para divulgação científica

Em 07 de dezembro de 2021, chegamos a 11.709 downloads deste livro.

:: Baixar PDF

:: Baixar o e-book para ler em seu Macintosh ou iPad

Novos Livros

 





Perfil

Nasci no remoto ano de 1945, em São Lourenço, encantadora estação de águas no sul de Minas, aonde Manuel Bandeira e outros doentes iam veranear em busca dos bons ares e águas minerais, que lhes pudessem restituir a saúde.

Leia Mais

Publicações

Do Campo para a cidade

Acesse: